segunda-feira, 14 de maio de 2012

Pai Nosso


Pai nosso que estás no céu,

santificado seja o teu nome
E venha a nós o teu reino,
e seja feita a tua vontade

Pai, meu pai do céu, meu pai do céu

Eu quase me esqueci, me esqueci
Que o teu amor vela por mim, vela por mim
Que seja feito assim

O alimento desse dia,

dai nos agora e sempre
E perdoai nossas ofensas,
de um modo maior com que perdoamos

Meu pai, meu pai do céu, meu pai do céu

Eu quase me esqueci, me esqueci
Que o teu amor vela por mim, vela por mim
Que seja feito assim

E não nos deixeis cair em tentação,

mas livra-nos de todo o mal, amém!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Sabor da verdade


Eu não sou quem você deseja
Eu não sou o que você quer
Não me faço perfeita pra mim mt menos a quem o mau me quer
Deixar algo nas mãos de Deus é difícil,
não que eu não confie em Deus... é porque tenho pressa.
Pudera eu ser paciente com o tal.
Mas a sua ignorância deixo nas mãos da justiça
seja justiça da terra ou justiça divina, mas lavo minhas mãos
Sou feliz por ter Uma família maravilhosa
amigos maravilhosos...
Sou feliz por acreditar em disco voador
E ter a certeza de que tudo isso é obra de Deus.
Sofro por cada amigo que se for, mas tenho amigos vivos pra me consolar
E com eles vou aproveitar ao máximo a vida.
Enquanto vc perde o tempo tentado fingir ser eu
Tentando fingir ser algo que não sou.
Porque o que sou nem mesmo eu sei imitar,
nem mesmo eu sei explicar...
sou e nada mais...
Quanto a verdade, ela está colada em minha face
gravada em sua mente com o olhar que te fala
"seja de fato feliz com minha ausência, e me deixe ir embora"



"Olha bem pra minha face e nela sinta sabor da verdade" Original por: Andrezza Feitosa - @zuap

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Sinal Dos Tempos

É preciso fazer uma canção
Um trato, uma entrega, uma doação
É preciso a chuva escura, a noite
A solidão
É preciso tudo agora
Um dissabor uma vitória uma confissão
A voz de um instrumento e a tua mão
Que nos faça acordar
Sim
Meias palavras não bastam
É preciso acordar
É preciso mergulhar mais que mil pés
Onde Netuno traça o rumo das marés
É preciso acertar a direção dos pés
Quando os velhos caminhos se esgotam
E os tempos não voltam
Não voltam
É preciso alcançar outra estação
Mesmo com sono mesmo cansado solto como um cão
É preciso o sol e a rua a tarde
A multidão
É preciso Atravessar lá fora
Um corredor um rio da história uma revolução
O caos de uma palavra nova, um sim e um não
Que nos faça acordar
Sim
Meias palavras não bastam
É preciso acordar
É preciso mergulhar...

Música de Ednardo

Siga-me no twitter: @dyanesiilva

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Siga em frente

Aqui, no entanto, nós não olhamos para trás por muito tempo. Nós continuamos seguindo em frente, abrindo novas portas e fazendo coisas novas, porque somos curiosos... E a curiosidade continua nos conduzindo por novos caminhos.
Siga em frente!!!...

terça-feira, 19 de julho de 2011

Só eu


Quero ir para o meu lar
Trancar-me lá
Não ver ninguém
Escutar-me
Conversar comigo mesma
Pensar sozinha
Ninguém me encher
Jantar a sós
Dormir comigo mesma
Abraçar-me
Sentir o meu calor
E quando eu perceber que sou só eu
Sentir meu frio
E chorar sozinha

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Quem sou eu?


Quem sou eu?
Pra que o Deus de toda terra
Se preocupe com meu nome
Se preocupe com minha dor

Quem sou eu?
Pra que a Estrela da manhã
Ilumine o caminho
Deste duro coração

Não apenas por quem sou
Mas porque Tu és fiel
Nem por tudo o que eu faça
Mas por tudo o que Tu és

Eu sou como um vento passageiro
Que aparece e vai embora
Como onda no oceano
Assim como o vapor

E ainda escutas quando eu chamo
Me sustentas quando eu clamo
Me dizendo quem eu sou

Eu sou Teu
Eu sou Teu

Quem é você?

Quem sou eu?
Pra ser visto com amor
Mesmo em meio ao pecado
Tu me fazes levantar
Quem sou eu?
Pra que a voz que acalma o mar
E acaba com a tormenta
Que se faz dentro de mim

Não apenas por quem sou
Mas porque Tu és fiel
Nem por tudo o que eu faça
Mas por tudo o que Tu és

Eu sou como um vento passageiro
Que aparece e vai embora
Como onda no oceano
Assim como o vapor

E ainda escutas quando eu chamo
Me sustentas quando eu clamo
Me dizendo quem eu sou

Eu sou Teu
Eu sou Teu

Não apenas por quem sou
Mas porque Tu és fiel
Nem por tudo o que eu faça
Mas por tudo o que Tu és

Eu sou como um vento passageiro
Que aparece e vai embora
Como onda no oceano
Assim como o vapor

E ainda escutas quando eu chamo
Me sustentas quando eu clamo
Me dizendo quem eu sou

Eu sou Teu
Eu sou Teu

Eu sou Teu Senhor!

Jesus eu sou Teu
Eu dependo de Ti
Me abraça Senhor
Quem temerei?
Quem temerei?
Se eu sou Teu
Eu sou Teu...