quarta-feira, 13 de abril de 2011

Poesia Da Vida

 
Vida é chuva, é sol
Uma fila, um olá
Um retrato, um farol
Que será, que será?

Vida é o filho que cresce
Uma estrada, um caminho
É um pouco de tudo
É um beijo, um carinho

É um sino tocando
Uma fêmea no cio
É alguém se chegando
É o que ninguém viu
É discurso, é promessa
É um mar, é um rio

Vida é revolução
É deixar como está
É uma velha canção
Deus nos deu, Deus dará

Vida é solidão
É a turma do bar
É partir sem razão
É voltar por voltar

Vida é palco, é platéia
É cadeira vazia
É rotina, odisséia
É sair de uma fria
É um sonho tão bom
É a briga no altar

Vida
É um grito de gol
É um banho de mar
É inverno e verão
Vida
É mentira, é verdade
E quem sabe a vida
É da vida a razão...


Vida!

(Poesia da vida - Nenhum de nós)

Um comentário: